O uso de aplicativos com geolocalização aumenta a cada dia, pois facilita e otimiza a rotina – estima-se que um em cada cinco consumidores de tecnologias móveis ao redor do mundo utiliza ao menos um tipo de serviço baseado na tecnologia de geolocalização. E os benefícios não são apenas para os consumidores: os aplicativos de geolocalização podem ajudar as empresas, que podem interagir, conhecer melhor os clientes, controlar as tarefas e otimizar processos, além de ampliar a receita.

Mas como funciona a geolocalização?

Basicamente, é uma tecnologia que permite informar a localização de uma pessoa com bases nas informações enviadas por um dispositivo. Aplicativos com geolocalização utilizam, principalmente, GPS, WiFi e redes de comunicação móveis, de maneira a identificar o local de origem do dispositivo.

As informações geradas são extremamente úteis para as empresas, pois servem para referenciar o local da coleta dos dados e outras características do usuário, como endereço residencial, horários que mais costuma fazer compras e outras informações que permitem visualizar como os consumidores interagem com o espaço em que estão.

Para as empresas, a possibilidade de associar certas informações a um tempo e espaço específicos permite uma visão mais analítica em relação à gestão e processos de produção. Dessa forma, os aplicativos com geolocalização são  capazes de fornecer uma visão completa de uma organização e seu mercado de atuação, com precisão e agilidade.