Como você já deve saber o Google é o maior site de buscas do mundo e o mais utilizado pela população, consequente isso faz com que ele seja também o maior analista de Big Data ​para criar interfaces otimizadas e fornecer informações para seus clientes. Isso influencia diretamente nas estratégias de SEO ​(Search Engine Optimization) utilizadas para otimizar sites e conteúdo, já que toda essa quantidade de dados interage com os algoritmos do Google.

Muito além de palavras-chave

Dessa forma, hoje as empresas tem muito mais chances de realizar conversões a partir do momento que entendem essa relação do Big Data e SEO. Além de poder encontrar palavras-chaves otimizadas para um determinado site, outro grande exemplo são os testes A/B. Esta ferramenta verifica diferentes versões de uma página para descobrir o
que está funcionando melhor. Além disso, é possível usar um painel de relatórios úteis do SEO que permite rastrear todos os dados de suas ferramentas analíticas em um só lugar, ajudando muito a criar estratégias mais assertivas de marketing.

Os usuários dos sites também saem ganhando com essa interação entre Big Data e SEO, pois a experiência pode ser melhor analisada e um envolvimento maior entre a empresa/proprietário do site com os visitantes fica cada vez melhor. Enfim, o Big Data fornece cada vez mais possibilidades para que melhores resultados sejam gerados com uma análise muito mais objetiva e não apenas focando teorias subjetivas.